Abrir posto de gasolina ou uma revenda de gás: qual a melhor opção? | Ultragaz Revendas
Abrir posto de gasolina ou uma revenda de gás: qual a melhor opção?

Dicas de Negócios

Abrir posto de gasolina ou uma revenda de gás: qual a melhor opção?

Abrir posto de gasolina ou uma revenda de gás: qual a melhor opção?

O empreendedorismo está em alta e muitas pessoas estão buscando alternativas de negócios para investir. Mas qual seria o empreendimento ideal? A resposta vai depender do perfil de cada um, que pode ir do mais arrojado ao mais conservador. No geral, porém, podemos dizer que muitos querem uma opção que seja segura, dê bom retorno e seja simples de administrar. Há quem acredite que abrir posto de gasolina seja uma boa alternativa. E, de fato, é. Então, que tal considerar também uma revenda de gás GLP?

Preparamos este artigo para ajudar você a entender não apenas as diferenças entre esses dois modelos de negócio, mas, principalmente, qual pode ser a melhor opção para o seu perfil. Vamos explicar o que cada um exige de investimento e recursos, que tipo de gestão pedem e o retorno que oferecem. Leia a seguir!

Investimento inicial

Como qualquer negócio, o investimento inicial vai depender de muitos fatores, como as dimensões do negócio, a região onde será aberto e quais tipos de adaptações serão necessárias. Porém, em termos de média, os valores são:

Posto de gasolina – o investimento inicial gira em torno de R$ 500 mil.

Revenda de gás GLP – o investimento inicial fica em aproximadamente R$ 60 mil, dependendo da região.

Como ambos os valores são estimativas médias, é importante reforçar que, dependendo de algumas variáveis, eles podem ser maiores ou menores. Se, por exemplo, os seus recursos permitem abrir apenas um posto de gasolina simples, sem conveniência ou troca de óleo, mas a concorrência na região oferece esses serviços, certamente o investimento não valerá a pena.

Área do terreno

Tanto posto de gasolina quanto revenda de gás demandam espaços muito específicos para operar. São terrenos que precisam estar bem localizados, cumprir exigências técnicas e ser adaptados dentro de normas de segurança e operacionais.

As dimensões das áreas para operar são:

Posto de gasolina – cerca de 900 m², dependendo de quais serviços o posto vai oferecer.

Revena de gás – existem diversas classes de revendas, determinadas pela sua capacidade de vendas e estoque. São essas as classes de revendas Ultragaz e as áreas que necessitam para operar:

Classe 1: 30 m²
Classe 2: 80 m²
Classe 3: 200 m²
Classe 4: 350 m²
Classe 5: 400 m²

Especificações e adaptações no terreno

Ambos os modelos de negócio lidam com materiais inflamáveis, por isso existem algumas especificações técnicas e regulações para que possam operar. A primeira de todas é em relação ao zoneamento urbano, que deve ser verificado junto ao município para saber se determinada região pode abrigar um posto de gasolina ou uma revenda de gás.

Veja quais são as adaptações e os equipamentos básicos para operar cada negócio.

Posto de gasolina:

  • Tanques subterrâneos para armazenar combustíveis, para os quais são necessárias obras de escavação para instalação;
  • Bombas e filtros de combustível;
  • Compressores de ar para alimentação de elevadores;
  • Balança de ar;
  • Equipamento de lubrificação e limpeza em geral;
  • Calibrador de pneus;
  • Mangueiras e máquina de troca de óleo;
  • Elevadores hidráulicos; e
  • Equipamentos de lubrificação, com graxarias, pneumáticas, pistolas de pulverização, braços giratórios, distribuidores de óleos de diferencial e caixa de engrenagens.

Revenda de gás:

  • Muro e portão dentro das especificações de acordo com a classe da revenda;
  • Áreas de armazenamento;
  • Sala de escritório com distância mínima da área de armazenamento; e
  • Veículos para entrega.

Leia também:
Quais as vantagens de uma revenda de gás Ultragaz?
Uma revenda de gás dá lucro?

Documentação necessária

Quando se trata de documentação, há sempre questões regionais, que vão depender do município e do estado. O ideal é procurar informações na prefeitura. Além disso, ambos os negócios envolvem o armazenamento e manuseio de material inflamável e, por isso, são submetidos a legislações específicas e à regulação da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Por lidar com riscos de contaminação do solo, os postos de gasolina estão sujeitos a uma série de licenças ambientais, além de laudos técnicos do Corpo de Bombeiros. Já a documentação para as revendas de gás é, em geral, mais simples de ser obtida e se concentra em alvará de prefeitura, laudo do Corpo de Bombeiros e liberação da ANP.

Gestão

Atualmente, quase todo posto de gasolina inclui uma loja de conveniência e outros serviços, como lava a jato e troca de óleo. Esta prestação de serviço é uma demanda da concorrência e, portanto, indispensável para ter um negócio competitivo. Por isso, a gestão do dia a dia tende a ser um pouco mais complexa quando comparada a uma revenda de gás.

Na revenda, a gestão é simplificada, concentrada em fluxo de caixa, controle de estoque, gestão de poucos funcionários, atendimento ao cliente e logística de entrega.

Tempo de retorno do investimento

O tempo de retorno sobre o investimento é aproximadamente o mesmo para os dois negócios: cerca de 18 meses. Naturalmente, este tempo pode variar de acordo com diversos fatores, mas esta é uma estimativa média que corresponde à realidade da maioria dos empreendedores que investe em um desses negócios.

Abrir posto de gasolina ou revenda de gás: qual investimento é mais seguro?

Não é simples avaliar o quanto um investimento é seguro, uma vez que fatores como gestão, mercado e políticas econômicas podem influenciar os resultados. No entanto, é possível afirmar que o negócio de revenda de gás tem se mostrado um investimento de baixo risco por trabalhar com um produto de primeira necessidade.

Um exemplo disso são os períodos de alta dos combustíveis ou de crise econômica. Nesses casos, muitas pessoas podem optar por utilizar menos seus carros, adotando transporte público ou meios alternativos como forma de economizar nos gastos com combustível.

Já no caso do gás GLP, presente hoje em 95% das residências do país, mesmo em épocas de crises continua sendo um item do qual não se pode abrir mão facilmente. Além disso, os recursos necessários para abrir e operar uma revenda de gás são substancialmente menores do que para abrir um posto de gasolina, o que também torna a revenda menos arriscada e mais simples de ser administrada.

Tags:, , , , , ,


Comentários

  1. Isaias

    Onde posso abrir uma revenda de Classe 1?

    1. Conversa Tech

      Olá Isaias. A Ultragaz dá uma consultoria completa para quem quer abrir uma revenda. Preencha o formulário do link e aguarde o nosso contato para marcar uma visita comercial gratuita, sem compromisso! Assim falamos sobre isso em detalhes! https://ultragazrevendas.com.br/seja-um-revendedor/

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.