Antes de abrir revenda de gás, empreendedor visita Revenda Modelo | Ultragaz Revendas
Antes de abrir revenda de gás, empreendedor visita Revenda Modelo

Ideias e Negócios

Antes de abrir revenda de gás, empreendedor visita Revenda Modelo

Antes de abrir revenda de gás, empreendedor visita Revenda Modelo

É muito comum encontrar empreendedores sem experiência prévia em um determinado segmento de mercado acreditando que aquele ramo não é para eles. E é exatamente para desmistificar essa crença que a Ultragaz formatou um curso de imersão bem aprofundado que ocorre logo após a assinatura do contrato de quem vai abrir revenda de gás. São quatro dias de duração mesclando teoria e prática: a cereja do bolo é a visita a uma Revenda Modelo.

Neste processo de embarque, que ocorre antes do início da operação da Ultragaz Revenda, o empresário ou empresária recebe todas as informações que precisa para estruturar o negócio e abrir as portas conhecendo produto, números, mercado, concorrência e metas. 

O objetivo é dar todas as ferramentas para que este novo parceiro ou parceira sinta segurança para atuar, sabendo que conta com o respaldo de uma marca forte e apoio constante do time de consultores.

Imersão

O treinamento pré-operação tem duração de quatro dias e as turmas são formadas por até 25 pessoas que vão abrir revenda de gás. Ocorre pelo menos uma vez por mês e, por questões logísticas, alternadamente na base de Paulínia (SP) ou na de Salvador (BA) – a empresa é responsável por custear transporte, hospedagem e alimentação.

O curso conta com a visita de especialistas em diversas áreas. Profissionais da base e de produção, por exemplo, apresentam as características do GLP, falam sobre segurança e mostram o processo produtivo in loco; os experts em logística e administração explicam como funciona o atendimento ao revendedor para realizar pedidos, abastecer o estoque, devolver vasilhames, emissão de nota fiscal, transportadora, retirada. O olhar do RH é importante para explicar o papel do consultor e sua relação com o parceiro.

Nos demais dias, os empresários que estão prestes a abrir revenda de gás mergulham na cultura de excelência da empresa, conhecendo processos internos, ferramentas e campanhas, e nos quatro pilares fundamentais para a atuação bem-sucedida: criação de estratégias futuras, marketing e vendas, gestão de pessoas e gestão financeira.

BAIXE AGORA o GUIA: Abrindo uma revenda de gás: responsabilidades do revendedor X UG

Visita à Revenda Modelo

Após dois dias tendo acesso a informações teóricas, os investidores recebem a visita de um revendedor modelo na sala de aula. Ali, ele conta sua jornada desde que decidiu abrir revenda de gás, expondo erros, acertos e desafios mais presentes no dia a dia e explicando como identifica oportunidades, define as estratégias da revenda (participação de mercado, vendas, custos, tempo de atendimento, metas de crescimento) e analisa a atuação dos concorrentes.

Este parceiro convidado também fala sobre as rotinas diárias, semanais e mensais da revenda, sobre a atuação em cada canal de venda, abre o jogo sobre remuneração dos entregadores e sobre os desafios mais comuns na gestão das pessoas. Traz, portanto, informações bem realistas do negócio, experiências que se conectam ao que já viram na teoria. Fica claro para quem está entrando no segmento que aplicar a teoria na prática ajuda a criar vantagem competitiva.

BAIXE GRÁTIS: Entenda como funciona o dia a dia de uma revenda de gás

Mas a “melhor” parte vem na sequência. Da sala de treinamento, saem todos rumo à Revenda Modelo. É neste momento que conseguem traduzir parte do conhecimento que já absorveram em perguntas práticas, tendo como fonte alguém que, alguns anos antes, já esteve naquele papel, naquele treinamento, também sem conhecimento prévio sobre o segmento de gás.

Os profissionais que conduzem os treinamentos comentam que os participantes observam todos os detalhes, inclusive da construção, e já vão tendo insights até de mudanças que querem fazer na planta com a obra em andamento. Perguntam sobre itens e distâncias de segurança, sobre legislação e até sobre o carro escolhido para a frota. O fato é que o próprio revendedor falando gera outro impacto: reforça os conceitos e dá legitimidade, além de ajudar os novos entrantes a projetar o futuro.

Inspiração e insights

Proprietária de uma revenda em Itaitinga (CE), Renata Silva teve a oportunidade de visitar uma Revenda Modelo em Camaçari (BA). Para ela, estar frente a frente com alguém que já esteve na mesma situação que ela e cujo empreendimento deu muito certo foi muito inspirador. “É uma afirmação que as coisas acontecem quando colocamos força e dedicação, especialmente quando nos associamos a um produto e a uma marca de qualidade. Agora é só pegar um pouco de tudo que aprendemos no curso Pré-Operação e colocar em prática à nossa maneira que o sucesso virá.”

Luiz Fernando Bandeira, que tem uma revenda em Guaratinguetá (SP), participou da visita a uma Revenda Modelo em Holambra com duração de três a quatro horas. “Achei o máximo. Foram muito simpáticos com a gente, a revenda é muito bem estruturada. Tivemos a oportunidade de conversar com o dono. Ficou nítido que ele conhece seu preço de custo na ponta para poder calcular o preço de revenda. A gente precisa sempre estar disposto a aprender. Indico pra todo mundo.”

Sobre o curso Pré-Operação como um todo, Bandeira classifica como fundamental para quem vai abrir revenda de gás. “No curso percebi que existem muitas possibilidades de divulgar meu serviço. Achava que a velha tática de distribuir panfleto e imã resolvia, mas não é assim. Entendi que a internet está pronta para receber a sua informação, sua propaganda. Desde o curso investi mais no Instagram e em anúncios digitais. O curso é completo, estruturado, realmente pra pessoa utilizar os ensinamentos e fazer dinheiro.”

Abrir revenda de gás: migração para Ultragaz

Empreendedores com experiência no segmento de gás que agora se aliaram à Ultragaz participam de um curso especial desenhado para este perfil, o Cultura Azul. Neste caso, não há necessidade de explicar produto, mercado, produção e logística de abastecimento. Mas é fundamental apresentar os valores da companhia para que os novos parceiros e parceiras se sintam integrados à rede e apoiados pela marca.

Este pacote de informações conta com informações sobre gestão, liderança, inovação. No treinamento, fica claro que, para a Ultragaz, o cliente está no centro. Então ganham especial atenção os capítulos sobre serviços prestados dentro da casa do cliente, satisfação do cliente, pós-vendas, gestão do tempo de entrega, necessidade de conhecimento técnico da equipe sobre produto.

“Depois de alguns anos no ramo, muitos deixaram de ter cabeça de empresário. Passaram a ser funcionários de si mesmos. No treinamento Cultura Azul, mostramos como a Ultragaz enxerga o potencial dos parceiros e o que espera deles, estimulando-os a voltar a pensar de forma estratégica o negócio, buscando ponto de equilíbrio, traçando metas de resultado e de lucro, não só de volume de vendas.”

LEIA MAIS: Como migrar seu negócio e ser um revendedor Ultragaz

Se você tem interesse em somar sua energia à nossa e integrar a rede de revendedores Ultragaz, clique no banner e solicite o nosso contato. Assim, você conhece mais vantagens deste modelo de negócio e tira suas dúvidas.


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.