Modelos de franquias ou revenda de gás: qual combina com seu perfil? | Ultragaz Revendas
[WEBINAR] Modelos de franquias ou revenda de gás: qual combina com seu perfil?

Ideias e Negócios

[WEBINAR] Modelos de franquias ou revenda de gás: qual combina com seu perfil?

[WEBINAR] Modelos de franquias ou revenda de gás: qual combina com seu perfil?

A vocação empreendedora no Brasil está em seu auge histórico: em 2020, o país deve atingir o maior patamar de empreendedores iniciais dos últimos 20 anos, com aproximadamente 25% da população adulta envolvida na abertura de um novo negócio ou já à frente de um negócio com até 3,5 anos de atividade, de acordo com o GEM, monitor de empreendedorismo global realizado em 55 países e que tem o Sebrae como responsável aqui no Brasil. Para ajudar os empreendedores a entender melhor semelhanças e diferenças entre os modelos de franquias e de revenda de gás da Ultragaz, a empresa promoveu o webinar “Quer empreender? Revenda de gás ou franquia: descubra qual combina com seu perfil”.

O evento virtual contou com a participação de Enio Pinto, especialista em empreendedorismo e gerente de relacionamento com o cliente do Sebrae, onde atua há mais de 30 anos, e Juliano Mesquita, gerente comercial do segmento domiciliar da Ultragaz na região Nordeste, responsável pelos estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

Confira abaixo o webinar na íntegra:

Momento do empreendedorismo no Brasil

O bate-papo contou com uma apresentação de Enio Pinto sobre o momento do empreendedorismo no Brasil. De acordo com ele, o Brasil é um país de alma empreendedora que está sempre entre os dez primeiros do mundo na pesquisa GEM. Hoje, o país conta com 53 milhões de empreendedores à frente de negócios estabelecidos com até 3,5 anos de atividade ou ativamente operando para abrir um negócio. “O que me preocupa é o aspecto qualitativo, porque nem sempre as pessoas que se dispõem a empreender se preparam para enfrentar os riscos de um negócio. Eles não podem ser eliminados, mas podem ser minimizados a partir da escolha de modelos de negócios distintos e também da profissionalização como gestor de negócios a partir de capacitação e consultoria.”

Apesar de 2020 ter registrado queda significativa do PIB e de a economia ter encolhido para os mesmos patamares de 2009, ele afirma que o Sebrae está otimista com a retomada concreta e consistente que a economia já vem apresentando. “Estamos experimentando a curva V, em que há uma queda acentuada, mas também aceleração na mesma proporção de retomada da atividade econômica. É um bom momento para retomar investimentos.”

Revendas e modelos de franquias: boas alternativas

Um ponto importante abordado no webinar foi o menor índice de risco quando se investe nos modelos de franquias e de revendas. “Está estatisticamente comprovado que o sucesso empresarial por meio desses modelos já previamente testados minimizam substancialmente os riscos de empreender”, cravou Enio Pinto, do Sebrae.

Para exemplificar, o especialista trouxe dados relacionados aos dois primeiros anos de existência do negócio, os mais críticos. Quando se fala em negócios independentes, 25% deles não resistem, seja por falta de perfil adequado, por enfrentar mercado já muito saturado ou por problemas financeiros na condição de novo entrante. “Quando fazemos a avaliação dos setores de revendas e franquias, o percentual de mortalidade cai para cerca de 3%, pelo simples fato de não querer ‘reinventar a roda’, mas ‘pegar carona’ no sucesso de um modelo já testado, de uma grife que já tem uma carteira de clientes formada e que oferece todo o suporte necessário.”

O gerente comercial Juliano Mesquita lembrou da importância para os empreendedores das pesquisas de hábitos de consumo que as empresas que trabalham com os modelos de franquias ou de revendas oferecem. “Quando tem uma marca forte por trás dando suporte, o empresário já entra no negócio sabendo exatamente o foco de atuação, o mix de produtos e os hábitos do público-alvo.”

Diferenças entre modelos de franquias e revenda de gás Ultragaz

As diferenças entre os modelos de franquias e de revenda de gás da Ultragaz também foram exploradas. Elas começam no contrato. No caso das franquias, é um contrato de adesão a um modelo de negócio hermético, um pacote que envolve grife, produto e modelo de gestão.

O contrato dos modelos de franquias costuma inclui a Circular de Oferta de Franquia, que traz o plano de negócio detalhando aspectos mercadológicos, financeiros e de comportamento. Este documento também apresenta as taxas cobradas: taxa de franquia, para ingressar na rede adquirindo pacote e treinamento; royalties, pagos mensalmente; e a taxa de marketing, recolhida mensalmente para o fundo de marketing da rede. Enio explicou que os contratos dos modelos de franquias também trazem a definição de territorialidade e o tempo de exploração.

No caso das revendas de gás da Ultragaz, o modelo de negócio está baseado na cessão de direito de uso de marca da distribuidora (Ultragaz) ao revendedor e é regido por contrato de compra e venda de produto (botijão de gás). “Existe a obrigatoriedade de aquisição exclusiva do produto da Ultragaz e também do zelo com a identidade visual da marca. Quanto à gestão, oferecemos muita autonomia. Damos todas as orientações a partir da nossa expertise em relação ao que já foi testado, mas o revendedor não é obrigado a seguir à risca. Ele tem liberdade em decisões sobre contratação de equipe, compra de estoque, ferramentas a ser utilizadas e promoções”, exemplifica Mesquita.

Treinamento e consultoria

A Ultragaz também oferece, desde antes da abertura da revenda de gás, suporte e treinamentos ao empresário e sua equipe. Disponibiliza ainda consultoria comercial de campo gratuita que acompanha o empreendedor desde o primeiro contato até toda a vigência do contrato. “Oferecemos tudo para que ele cresça de forma saudável. Antes da abertura do negócio, o empreendedor passa por um treinamento de pré-operação, que inclui visita à revenda-escola e cinco dias treinando numa revenda real.”

Assim como nos modelos de franquias, a territorialidade também está definida no contrato da revenda de gás Ultragaz. “Nosso interesse é que todos os revendedores entrem no negócio para alcançar volume e lucratividade. Então fazemos análises prévias do potencial das áreas e geralmente não abrimos revendas muito próximas umas das outras”, explica Juliano Mesquita, da Ultragaz.

Diferentemente das franquias, no caso do modelo de negócio de revenda de gás Ultragaz, não existe pagamento de taxas adicionais. Nos modelos de franquias, o pacote também inclui consultoria operacional e de gestão.

LEIA MAIS: Qual o suporte oferecido a uma revenda de gás Ultragaz?

Investimento

A conversa sobre modelos de franquias e de revenda de gás não poderia deixar de fora os temas investimento e tempo de retorno. No caso das revendas, Juliano Mesquita trouxe o valor de R$ 60 mil como parâmetro para o investimento mínimo inicial. Este valor inclui a abertura da empresa, eventual reforma no local, aquisição dos vasilhames e investimento inicial em marketing. A compra do terreno não entra nesse cálculo. Os valores variam conforme localidade, classe e tamanho da revenda.

No que diz respeito a tempo de retorno, também varia com a demanda, a área de atuação e a competição na região, mas a estimativa é de 18 meses.

LEIA MAIS: Quais são os investimentos necessários para abrir uma revenda Ultragaz

Nos modelos de franquias, é preciso contabilizar, além das taxas, investimento em maquinário, móveis, utensílios, adaptação do imóvel, aquisição de veículo/frota, composição inicial do estoque e em capital de giro, recurso necessário para fazer a empresa rodar nos primeiros meses de operação. De acordo com Enio Pinto, o tempo de retorno varia de três a cinco anos.

Perfil

A autoavaliação é fundamental para checar se o perfil do empreendedor se enquadra à frente de franquias ou da revenda de gás da Ultragaz.  De acordo com Enio Pinto, 98% dos CNPJs do Brasil são de pequeno porte. E, em pelo menos metade dos casos, o empreendedor atua sozinho, sem colaboradores. Ou seja, o negócio é o espelho dele. “Não se trata só de técnica. Metade do sucesso depende de ter ou não perfil ideal para empreender. A opção pela franquia é muito confortável para quem não tem formação específica na área ou não teve experiência anterior empreendendo, por ser pré-formatada”.

Juliano Mesquita, da Ultragaz, listou uma série de habilidades que contribuem para o sucesso do empreendedor que assume a gestão de uma revenda de gás da Ultragaz: disposição para atender o cliente, mesmo em horários fora do padrão, resiliência para tocar o negócio, flexibilidade, habilidade interpessoal, capacidade de analisar dados para tomada de decisão e visão de negócio.

LEIA MAIS: Conheça 8 características do revendedor de sucesso

Existem dois perfis que se encaixam muito bem à frente das revendas  Ultragaz. Os novos empreendedores, que desejam investir no próprio negócio, e o empreendedor de mercados relacionados, que já tem um negócio, como posto de gasolina e supermercado e quer ter a revenda de GLP como um segundo negócio, para ampliar seu portfólio de investimentos.”

Capacitação

Para finalizar, Enio lembrou que o processo de capacitação precisa ser contínuo e deve envolver três verticais: gestão, comportamento e inclusão digital do negócio. O Portal Sebrae oferece mais de 130 títulos de cursos gratuitos de educação a distância. Confira clicando aqui.

Ficou interessado pelo modelo de negócio das Revendas Ultragaz? Solicite o contato da nossa equipe comercial clicando no banner abaixo:


Comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.